Good To Great Consulting Logo

Gostaria de melhorar o seu ranking na Booking.com?


Esta é a pergunta para 1 milhão de euros e muito, muito frequente nos nossos clientes.

Fomos então à página da apoio da Booking.com perceber quais são os fatores que influenciam o posicionamento na página e como os podemos melhorar.


Logo no início, o que nos é transmitido é que a procura orgânica em qualquer canal de venda online é mais residual no início, mas que pode ser trabalhado de forma a melhorar o ranking e a aumentar a visibilidade.

Após a parte introdutória, são definidos três princípios básicos que podem ajudar os gestores a atrair mais clientes e a melhorar a visibilidade.


1º Compreender o público.

Já abordamos este ponto aqui no blog quando falámos sobre redes sociais e estratégias de marketing e, no que toca ao posicionamento na página da Booking.com, compreender o público é fundamental. Para o gigante Holandês é crucial perceber quais as preferências e necessidades de quem compra.

O próprio algoritmo da Booking.com adapta-se aos seus próprios clientes e também o canal cria ferramentas que vão ao encontro das suas necessidades - como é o caso de filtros de pesquisa e da criação de galerias com fotografias 360º.

A importância de perceber quem o visita e quem faz reservas na sua propriedade faz com que a definição da sua estratégia de venda seja muito mais assertiva.

O painel de “Dados Analíticos” da Booking.com dá-lhe a informação sobre:

  • Os países de onde os seus clientes estão a reservar

  • Que dispositivos usam (telemóvel ou computador)

  • O motivo da viagem (negócios ou lazer)

O acesso e análise desta informação permite-lhe definir estratégias para aumento de vendas tais como promoções específicas para diferentes segmentos ou configuração de tarifas com determinadas características.


2º Optimizar o desempenho da propriedade

O help center da Booking.com destaca a importância da visibilidade da página da propriedade sempre que um hóspede o pesquisa. Isto faz com que aumente a sua taxa de conversão e é sobre a taxa de conversão que o algoritmo da Booking.com funciona. Simplificando, quanto mais vender sobre o número de hóspedes que visita a sua página, maior taxa de conversão tem, melhor posicionamento ganha no ranking e maiores as probabilidades de vender. E assim sucessivamente.

Para tal, a página da ajuda do parceiro sugere três ações:

  • Disponibilidade: ter datas carregadas para que qualquer pessoa que fizer a pesquisa, para qualquer data, consiga encontrar a sua propriedade

  • Atratividade: também como já abordámos no nosso blog que ter boas fotografias e bons descritivos faz com que seja mais atrativo para quem o procura.

  • Tarifas competitivas: já é senso comum. No final, o preço tem um peso muito grande na hora da decisão. Por isso é tão importante ter tarifas competitivas, oferecer preços justos, dentro da concorrência e adaptados à procura. Essa é a grande chave para vender mais, praticar o chamado pricing strategy (ou estratégia de preços) fazendo com que o preço certo seja vendido à pessoa certa.


3º Gerir a sua marca

Esta é a última dica que o website da Booking.com dá para quem quer ter melhor visibilidade. E nós também já falamos sobre este tema.

Nunca é demais relembrar que quem gere um alojamento local, um hotel, um hostel ou um parque de campismo está a representar uma marca e que toda a comunicação com o hóspede deve transparecer essa mesma marca. Ser cordial, enviar mensagens de boas-vindas e de agradecimento. Responder a comentários e analisá-los de forma a ter em vista uma constante melhoria são maneiras de garantir que a sua marca ganha uma boa reputação.


Quer ajuda a melhorar o seu posicionamento nos principais canais de venda? Nós estamos aqui. Contacte-nos.


Para analisar o documento do help center da Booking.com consulte-o aqui.