Non-room Revenue - Fantasia ou Oportunidade?

Atualizado: 16 de fev.



A receita proveniente de serviços ou produtos extra alojamento pode ser a base para ter uma estrutura operacional rentável.

A melhor parte? As opções são intermináveis e ajustáveis à dimensão de cada unidade!


Isto chama-se non-room revenue, que é, muito resumidamente, a gestão de preços de produtos ou serviços complementares ao seu core business (alojamento), para maximizar receita e resultados. Todas as reservas são oportunidades de ter receita para além da tarifa diária.

Esta é uma questão muito debatida entre as maiores unidades hoteleiras, que desenvolvem estratégias para manter os clientes “dentro de portas” e assim aumentar os gastos destes dentro da unidade.


Para além de melhorar a experiência do cliente estará , ao mesmo tempo, a aumentar as suas fontes de receita.

Exemplos:


  1. Actividades focadas na saúde e bem estar: depois de um ano tumultuoso, muitos clientes procuram uma oportunidade para relaxar, descansar e renovar energias. Para dar resposta a estas necessidade, poderá subcontratar massagens no quarto, oferecer aulas de personal trainer ou yoga

  2. Aplicar um suplemento para animais de estimação: de acordo com a Condor Ferries, 53% dos viajantes procuram unidades que aceitam animais de estimação, contudo, ainda são poucas as unidades pet friendly. Assim, se procura um fator de diferenciação, esta pode ser um óptima opção: criar um suplemento para animais de estimação que terá como fundamento a limpeza mais aprofundada no dia de check-out e os respectivos amenities necessários (prato de água, comida e cama);

  3. Adicionar no directório o preço das peças de decoração ou amenities: quantas vezes já lhe perguntaram o valor da decoração do quarto, das almofadas ou dos robes? São perguntas muito frequentes em hotelaria e as grandes cadeias hoteleiras não ficaram indiferentes a estes pedidos e viram aqui uma oportunidade de maximizar receita. De que forma? Vendendo os produtos que estão presentes no quartos e nas zonas comuns das unidades, colocando a tabela preços no directório do quarto ou até mesmo, dentro do guarda-fatos;

  4. Realizar eventos num dos espaços da unidade: em unidades com características especiais (com muita área útil ou elementos distintivos) pode consider a criação de um dossier para apresentar estes espaços, para eventos, showcooking ou a apresentações de arte;

  5. Produtos e experiências locais: entradas em museus, bilhetes de a autocarros de sightseeing, produtos locais que os clientes possam levar consigo são alguns exemplos de extras que poderá colocar à disposição dos seus clientes

  6. Lugar de estacionamento: muitos clientes alugam carros para poder ter mais liberdade e conhecer diversos destinos em Portugal, assim, colocar esta opção à disposição, será não só mais benéfico para a posicionamento da unidade (uma vez que responderá a mais um filtro de pesquisa), como estará a criar mais uma forma de receita;

  7. Refeições, como pequeno-almoço, almoço ou jantar: como no ponto acima, esta opção de não room revenue fará com que esteja presente em mais tipos de pesquisa - pequeno almoço incluído e representará mais uma receita adicional;

  8. Criação de pacotes (românticos, réveillon, Natal, etc): adicionar valor à tarifa diária para datas festivas é uma ótima opção para aumentar a ADR da unidade



#informacao #goodtogreatconsulting #consultingagency #consultoria #restaurantmanagement #hotelmanagement #turismo #formacao #hr #rh #ecommerce #revenuemanagement #sales #hotel #alojamentolocal #redessociais #gestaoderedessociais #portugal #website #gestao #holidayhome #turismorural #portugaltourism #turismo #formacao #OTA




53 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo